Não tão comum quanto os frutos típicos da nossa região, a pitanga de polpa azul (Eugenia nutans) é uma fruta do cerrado que precisa ser encontrada para ser salva da extinção.

Apesar de ser uma fruta nativa, ou seja, originária do Brasil, não é possível encontrá-la nas feiras ou nos supermercados, por ser uma espécie rara, que foi descoberta em expedições pela matas do rio Guari, em Angatuba (SP).

Assim como frutas vermelhas, a pitanga de polpa azul é benéfica à saúde

Proveniente da língua tupi, pitanga quer dizer vermelho-rubro. Como, de fato, geralmente a conhecemos. Mas a fruta vermelha também pode ser encontrada, rubra, roxa e, às vezes, com a polpa azul, que também é gostosa de se comer e refrescante para um suco

Da família das Myrtáceas – que inclui aproximadamente 5.950 espécies repartidas por cerca de 132 gêneros e ocorrem na região tropical -, é também chamada de “pitanga preta lisa selvagem” e frutifica de outubro a novembro, em uma árvore de pequeno porte, mas que apresenta grande frutificação.

Aparentemente, a pitanga da polpa azul lembra a Grumixama mirim, mas diferencia-se por suas folhas maiores e o dorso esbranquiçado ou acinzentado, em tempos de secas, dando origem ao seu nome científico “nutans”.

Para quem gosta de plantar e deseja ajudar a prevenir a extinção dessa raridade, o solo ideal é úmido, neutro, profundo e com constituição arenosa ou argilosa (solo vermelho).

A pitanga de polpa azul tem semente arredondada e germina entre 40 e 60 dias, com as mudas atingindo 30 cm em 8 meses, desenvolvendo-se tanto na sombra quanto no sol.

A irrigação necessária é a cada quinze dias pelos primeiros 3 meses e, depois, apenas diante da escassez de água no período da florada.

De sabor bastante ácido, que indica a riqueza de propriedades funcionais, a pitanga de polpa azul tem formato esférico, com até 2 cm de comprimento, casca fina e lisa e cor roxo-azulada.

Como não existem muito mais informações sobre a pitanga de polpa azul, são bem-vindos estudos sobre o seu potencial biológico para se tornar uma superfruta, que são frutas com valor nutricional muito superior em comparação às demais.

Fica a descoberta e a importância de ser cultivada e reconhecida, assim como reproduzir a espécie para que ela não se perca.

Então, compartilhe e espalhe sementes para as novas gerações! Tanto pelo sabor dos frutos como pela raridade da planta.

Continue vendo...

One Reply to “Suco de frutas: Onde está a pitanga de polpa azul?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *