As flores da primavera em Campo Grande

Como todo o Brasil, Campo Grande, em Mato Grosso do Sul, é rica em flores durante todo o ano, mas é na primavera que o seu esplendor se manifesta.

Flores de Jacarandá

É na primavera que florescem grandes árvores e podemos ver arbustos e por toda a parte, formando tapetes pelas ruas e calçadas.

Grande parte da fauna e flora de Mato Grosso do Sul também está concentrada no Bioma Pantanal e no Cerrado.

Campo Grande está entre as capitais mais arborizadas do País

A capital de Mato Grosso do Sul tem mais de 161 espécies de árvores plantadas.

E, mesmo conhecida como a cidade do ipês, Campo Grande tem o oiti como o mais comum e ganhou a orquídea como flor símbolo da cidade.

Essa ação aconteceu visando impulsionar a produção de orquídeas, desenvolver o turismo, a economia e a preservação desta espécie.

Cidade Morena tem também a beleza de outras flores

A beleza das flores de Campo Grande ainda vai além dos ipês e das orquídeas.

Sementes de Flamboyant

Algumas espécies são tão comuns em Campo Grande que dão nomes aos bairros da região, como flamboyants, buriti e carandá.

Pelas ruas da Capital, ainda é possível encontrar jacarandás, quaresmeiras, manacás-da-serra, figueira e até o não tão frequente cipó-de-são-josé.

Conforme o Plano Diretor de Arborização Urbana (Pdau) de Campo Grande, existem 153,1 mil árvores urbanas no município e mais da metade delas não apresentam nenhum tipo de ameaça à infraestrutura da cidade, como quebra de calçada ou contato com fios de telefonia ou energia elétrica.

Baseando-se nas condições climáticas e no solo de Campo Grande, o plano ainda apresentou uma lista com recomendações de árvores adequadas para a nossa região, como o angico-vermelho, a farinha-seca, a magnólia, a murta-de-cheiro, a pata-de-vaca, a resedá, a sibipiruna, além de todos os tipos de ipê, claro.

Mais exemplos de espécies vegetais da flora de Mato Grosso do Sul são: erva-de-santa-luzia, aroeira-piúva, figueira, jenipapo, ingazeiro, tucum, pau-de-novato, angico, palmeiras, aguapé e salvínia.

Flora do Cerrado

Um importante meio de manter e aumentar a arborização em Campo Grande é o viveiro municipal, o Flora do Cerrado, inaugurado em 21 de setembro de 2010, no Dia da Árvore.

O viveiro é utilizado localmente no plantio executado pela prefeitura ou para doações para a população.

Quem deseja pedir a doação de muda para o plantio em sua calçada ou quintal, somente no perímetro urbano, precisa ir até a Gerência de Fiscalização de Arborização e Áreas Verdes (GFAV) da Semadur, situada na Rua Arthur Jorge, n. 507, Centro, levando seus documentos pessoais e comprovante de residência.

E aí, qual é a árvore que floresce no seu quintal ou calçada?

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *