O campainha-azul (Porphyrospiza caerulescens) é uma ave de ocorrência escassa, mas que tem sua presença associada ao cerrado, por seu ambiente aberto, com gramíneas e árvores baixas.

Com preferência para áreas rupestres, o campainha-azul pode ser encontrada no Maranhão, Minas Gerais, Piauí, Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, especialmente na região norte de Corumbá.

Pode vir a ser uma das espécies afetadas pela descaracterização das áreas naturais por pastagens introduzidas.

O campainha-azul também pode ser encontrado na Bolívia.

No cerrado, a ave se difere no ambiente em razão da sua coloração e do seu harmonioso canto.

Em algumas regiões do País, o campainha-azul também é conhecida popularmente como azulão-de-cerrado e azulinho-de-bico-de-ouro.

Características do pássaro azul

Porphyrospiza caerulescens, nome científico da espécie, faz referência à coloração da plumagem: em que caerulescens significa “da cor do céu”, em latim.

Porém, diferente do macho, a fêmea apresenta penas em tons de marrom e até avermelhadas.

O macho ainda se diferencia pela cor amarelo intenso de seu bico.

A espécie de campainha-azul quando jovem tem coloração semelhante à da fêmea e vai ganhando o tom azul à medida que se torna adulto.

Photo credit: Cláudio Timm on Visualhunt.com / CC BY-NC-SA

Durante a reprodução, o macho canta em um poleiro próximo ao ninho para delimitar o território.

O ninho do campainha-azul tem formato de tigela e é construído à base de gramíneas, a poucos centímetros do chão.

A incubação dura em torno de 14 dias. Apenas as fêmeas incubam, mas tanto machos quanto fêmeas se revezam na alimentação dos filhotes.


Os ovos são brancos e com pintas marrons ou pretas. Geralmente são duas ninhadas por estação e a fêmea põe até três ovos de cada vez.

Após nove dias do nascimento, os filhotes abandonam o ninho.

Na fase adulta, a campainha-azul mede entre 12,5 e 13 centímetros de comprimento e apresenta massa corporal entre 13 e 15 gramas.

A alimentação do campainha-azul é composta basicamente por sementes e pequenos insetos, capturados quando está caçando no chão ou em pleno voo.


É uma espécie que prefere caçar sozinha e quase não se junta a outros papa-capins quando está se alimentando.

Infelizmente, a perda de habitat ocasionada pela conversão do cerrado em áreas agropecuárias tem colocado a espécie com o status próximo de ser considerada ameaçada de extinção.

| Animais Silvestres

Nome:
Email:
Site:
Escreva seu comentário: