Novos

Queixada – o porco selvagem do Pantanal

Porco do Mato com aparência de javali e mania de bater os dentes resultou no apelido do Tayassu pecari, conhecido como queixada do Pantanal.

0

Sapo-bode gera confusão – É sapo ou é bode?

Ver e ouvir um sapo-bode tem a tendência a deixar a gente um pouco confuso. Isso porque nosso olho vê um sapinho e nosso ouvido escuta um bode.

0

Sabiá-laranjeira – o canto da cidade

O sabiá-laranjeira canta Brasil afora, sendo encontrado por todo o território nacional e, desde 2002, por um decreto assinado pelo ex-presidente da república Fernando Henrique Cardoso, ele é o símbolo da nação.

0

Pequena ave do cerrado: o meia-lua

Também conhecido como Tapaculo-de-colarinho (Melanopareia torquata), o meia-lua é uma ave Passeriformes da família Melanopareiidae.

0

Cachorro-vinagre: o raro cão do mato do Cerrado

Dependendo da região, ele recebe diferentes nomes, como cachorro-do-mato-vinagre, bush dog, aracambé, janauí, janauíra, zorro, perro de monte, perro de la sierra, perro venadero, perro de água, perro de la sierra, entre outros.

1

Canto do aracuã domina a paisagem do Pantanal

Assim como o som da seriema, o canto nada harmonioso do aracuã-do-pantanal não passa despercebido pelo bioma. Com uma vocalização alta e forte, os casais e grupos familiares do aracuã-do-pantanal […]

0

Urutau, conhecido como mãe-da-lua

Tido como nobre por moradores rurais por simbolizar força e pela forma como se protege dos perigos e dos predadores camuflando-se, o urutau emite um canto que figura lendas.

0

Campainha-azul, pássaro do Cerrado

Porphyrospiza caerulescens, nome científico da espécie, faz referência à coloração da plumagem: em que caerulescens significa “da cor do céu”, em latim.

0

Conheça a curicaca, o despertador do Pantanal

No amanhecer do Pantanal, as primeiras a despertarem são as curicacas!

1

Dia do Tamanduá e da Onça-Pintada

Dia especial para esses animais que habitam nossa região. Os dois, que todo dia travam batalhas pela sobrevivência da espécie, lutam entre si e ainda enfrentam adversidades em virtude da […]

0