Dá pra ter uma Páscoa sustentável? - Aquele Mato

Dá pra ter uma Páscoa sustentável?

Inicialmente pode parecer difícil não ceder a tantos estímulos deliciosos da época, mas seria impossível ter uma Páscoa sustentável?

Claro que não.

Primeiro, vamos pensar nos danos que esta data traz?

Desde crianças, ficamos encantados com as prateleiras coloridas pelas embalagens chamativas.

Quando adultos, as exigências aumentam, indo em busca de chocolates diferentes e muito recheio e trufas. 

Ou seja, sempre somos condicionados a consumir cada vez mais.

Mas ao parar pra pensar: tem um megaplástico na embalagem externa e mais plástico pra comer os bombons de dentro e ainda tem um brinquedo de plástico, que vai durar apenas alguns dias e se tornar lixo.

Aliás, esse plástico metalizado das embalagens é um material misto de difícil e rara reciclagem.

Assim, com plástico dentro de plástico, seguimos poluindo o planeta e nós mesmos.

Isso porque, se você se preocupa com saúde, melhor nem ler o rótulo.

Inclusive, como será que o cacau usado para produção em larga escala desses ovos é extraído?

Bom, nós também gostamos de chocolate, mas existem outros meios de comemorar e deixar a Páscoa sustentável.

Vamos a essas sugestões!

  1. Dê prioridade para produções de ovos caseiros e doces locais

A Páscoa é uma excelente época para apoiar aquele amigo, amiga ou familiar que faz doces incríveis.

Além de não contribuir para a produção de embalagens em larga escala, ainda dá aquela força para quem vive disso.

Se realmente não conhecer ninguém, já existem marcas que encontraram soluções para suas embalagens, como as desenvolvidas com papel compostável ou com filme biodegradável.

Essas opções já são um começo para deixar a Páscoa sustentável por aí.

Vamos deixar algumas opções no fim do conteúdo.

  1. Prefira chocolates orgânicos

Como amigos do meio ambiente, procure chocolates que também o são. 

E esse são os chocolates orgânicos.

Pois eles são produzidos a fim de aperfeiçoar os recursos naturais e socioeconômicos que temos. 

Então, eles não contêm agrotóxicos e favorecem uma alimentação mais saudável e natural para sua Páscoa sustentável.

  1. Faça seu próprio ovo de Páscoa

Por que não se arriscar a fazer seu próprio ovo de Páscoa, hein?!

Assim, você pode viver uma experiência diferente e gostosa, além de não gerar tanto lixo e ainda economizar.

Pois você pode comprar os ingredientes a granel, sendo perfeito também para o bolso.

Se tiver crianças, então.. imagina que momento divertido que este pode ser.

Bom, agora que você já viu como deixar a Páscoa sustentável, bora pôr isso em prática!

Afinal, a mudança no mundo começa com a gente mesmo!

Pra finalizar, seguem abaixo algumas sugestões de marcas que se preocuparam em mudar suas embalagens.

A Nugali Chocolates é uma marca que fez uma das primeiras embalagens biodegradáveis do país, utilizando BOPPBio, filme 100% biodegradável que mantém as mesmas propriedades já atendidas pelo filme tradicional, levando uma estrutura 100% sustentável.

Além disso, o cultivo dos cacaus utilizados pela Nugali é feito em sistema agroflorestal sustentável e ajuda na preservação da Mata Atlântica e Floresta Amazônica.

A Dengo embalou sua linha de ovos com Cocoa Paper, o papel de cacau, que é derivado da casca da semente do cacau (cerca de 20% do fruto), resultando em papel de alta qualidade, textura natural e estética única.

Desta forma, é um produto 100% compostável e livre de PFOAs, PFOA, PFOS, podendo ser descartado no lixo orgânico (testado EN 13432).

Apesar de ter muitas outras embalagens, a Cacau Show lançou uma campanha da Linha Dreams.

Nessa linha, as embalagens são sustentáveis, sem nenhum elemento que não seja reciclável e são circulares, atendendo à economia circular, para ser facilmente identificada para a coleta pelas cooperativas.

Dessa forma, promove o reaproveitamento e o reuso das fibras.

Agora que você viu que é possível, que tal aplicar novos hábitos na vida?

Toda mudança começa com pequenas atitudes e ter uma Páscoa sustentável pode ser um bom início.

Por isso, torne comum práticas desse tipo e compartilhe com a família, com amigos e com quem mais você conseguir.

Juntos, somos capazes de alcançar um planeta mais sustentável!

Compartilhe

Descubra mais sobre Aquele Mato

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.

Posts Similares

Deixe um comentário