Categories
Oriente-se

Educação ambiental – como ensinar as crianças

O lixo que produzimos não é pouca coisa! Já passou da hora de repensarmos nosso consumo, pra cuidar melhor da nossa casa, a natureza. #DiaDoMeioAmbiente

Muito se fala sobre educação ambiental e, quando é esse o assunto, existem muitas coisas que podemos melhorar tanto nas nossas ações como para ensinar as crianças.

Dicas para cuidar do meio ambiente

Pra começar, aqui mesmo neste lindo blog, você pode ver várias dicas para cuidar do meio ambiente, como economizar energia, reciclar produtos, dar novos usos para a água, entre outras coisas.

E tudo isso é realmente essencial para começarmos a abrir a cabeça sobre nossos hábitos de consumo e o reflexo deles no meio ambiente.

Pensando nisso, se nós conseguimos repensar nossas atitudes como jovens e adultos, imagina como pode ser revolucionário crianças que já crescem conscientes do impacto de suas ações no meio ambiente.

Então, bora voltar nosso olhar para a preservação do nosso futuro, com educação ambiental para essa galera desde cedo!

Separamos algumas sugestões de como incluir a educação ambiental desde cedo na vida das crianças.

Ser obrigatório o estudo de mudanças climáticas nas escolas

Desde já, a primeira sugestão é começar a educação ambiental dentro das escolas.

Se as escolas dedicarem um tempo a questões de sustentabilidade e mudanças climáticas, as crianças vão entender e tratar as consequências dos problemas ambientais que nós causamos.

Essa atitude pode abrir a consciência dessa galera e mudar a realidade das próximas gerações, não é?!

Alimentação escolar 100% orgânica

Do mesmo modo do estudo de mudanças climáticas, só de introduzir hábitos alimentares mais saudáveis na vida dos estudantes e influenciar diretamente na sua saúde e no consumo de suas famílias já é uma ideia incrível por si só.

Além disso, uma alimentação orgânica nas escolas ainda fomenta a compra de alimentos de agricultores e empreendedores familiares do seu próprio bairro, por exemplo.

Adotar em vez de comprar

Outro passo importante que não parece, mas é educação ambiental está ligado à adoção de um animalzinho.

Afinal, é normal chegar o momento em que a criança pede um bichinho de estimação, né?!

Logo, se o seu primeiro impulso é comprar um animal em uma loja, é bom repensar.

O tratamento que esses animais recebem está longe de ser o tratamento que nossos amiguinhos merecem receber.

Além dessa questão, já existem muuuuitos animais abandonados que adorariam fazer parte da sua família.

Esses animais sofrem muito, com abandono e maus-tratos.

Ao escolher adotá-los, eles respondem com amor e nada pode parar esse bichinho de encher os dias de alegria, como forma de agradecimento.

Incentive o uso de brinquedos reciclados

Usar a criatividade para produzir brinquedos a partir de materiais recicláveis é educação ambiental, sim.

Por exemplo, tecidos podem se tornar bonecos, garrafas pet viram carros e assim por diante.

Doar e trocar roupas e brinquedos

Para não incentivar o consumo desenfreado, você pode sugerir que roupas e brinquedos sejam sempre peças que vão e vêm.

Então, antes de adquirir algo, outra coisa tem que ir, por exemplo.

Além de colaborar com o futuro do meio ambiente, essa lição de educação ambiental desperta o sentimento de partilha e a generosidade.

Incentive a criação de hortas

A responsabilidade de cuidar das plantinhas durante todo o processo de crescimento ajuda a criança a entender a importância da preservação e respeito com elas e de todas as áreas verdes.

Dê o exemplo

Juntamente com tudo isso, lembre-se que você é o modelo das crianças. Então, sempre, sempre, seeeeempre dê o exemplo.

Viu, só?! Algumas atitudes já incentivam novas ações no dia a dia.

Enfim, tem mais alguma sugestão para levar educação ambiental adiante?! Divide com a gente!


APOIE AQUELE MATO

Se quiser continuar acompanhando nosso conteúdo e nos ver florescer, colabore com o nosso trabalho PicPay ou pelo Apoia-se.

Os recursos são usados para a manutenção do blog e para manter o acesso gratuito a todos.