Categorias
Oriente-se

Biomassa de eucalipto é opção para gerar energia em MS

A Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar autorizou a Licença Prévia para estudos com o objetivo de implantar a Usina Termelétrica Onça Pintada no município de Selviria, em MS.

Com investimento de R$ 320 milhões, a usina será capaz de gerar 50 MW a partir de biomassa de eucalipto – a ideia é a utilização de tocos e raízes que hoje são descartados no processo de fabricação da celulose.

O empreendimento é da Eldorado Brasil, uma das maiores e mais modernas fábricas de celulose do mundo, que tem seus valores à base de inovação e sustentabilidade. A expectetiva é de que a fase de estudos termine até o segundo semestre de 2018 e a ação deve gerar 1 mil empregos diretos e indiretos na fase de instalação.

O plano da unidade é entrar em operação em 2021, quando começa o fornecimento de energia para o sistema nacional, gerando energia por meio de cavacos de madeira como combustível principal.

Primeira usina de MS

Este projeto traz a primeira usina geradora de energia a partir de biomassa de eucalipto de Mato Grosso do Sul, sendo de extrema importância para a diversificação do uso de restos florestais e subprodutos da madeira que não servem para produzir celulose.

A Eldorado ainda estuda a possibilidade de instalar mais duas termelétricas na cidade, a Tuiuiú e a Sucuri, das quais a licença conseguida já autoriza seus estudos.

Por que a biomassa é tão importante?

A biomassa se transforma em energia a partir da combustão de material orgânico. É uma maneira bastante limpa de produção energética e de enorme ganho ambiental, considerando que todo este material provocaria algum tipo de impacto à natureza ao se decompor.

Parece que temos a melhor alternativa para o setor florestal e para geração de energia no Brasil bem aqui! 😉

Gostou? Compartilhe =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *