Categorias
Mato Grosso do Sul

Frutas: a seriguela em Mato Grosso do Sul

Além de ser grande aliada aos amantes de exercícios físicos, por ser uma fruta rica em água, ajudando a hidratar naturalmente o corpo, além de ser acompanhada de um efeito diurético.

Típica do cerrado e da caatinga brasileira, a seriguela (Spondias purpúrea) é uma fruta de sabor doce, de cor amarelada – ou avermelhada quando madura – e que se encontra pelos quintais de Mato Grosso do Sul.

Mesmo que estejamos no meio urbano da Capital, Campo Grande, é possível ver aos montes a frutinha prima do caju (Anacardium occidentale).

Além do nome seriguela, essa frutinha também pode ser conhecida como ciriguela, ciruela, ambu e imbu.

Uma vez que termina a época de chuvas, no fim de dezembro e início de janeiro, a árvore da seriguela vê o momento oportuno para encher as ruas, adocicar o paladar e completar o nosso paisagismo urbano.

O florescer da seriguela

Por ser do bioma Cerrado, a seriguela é uma planta resistente a longos períodos de seca, durante os quais, a árvore perde suas folhas até que as chuvas as tragam a nova vida.

O pé desta fruta é o umbuzeiro, árvore da família das anacardiáceas.

Ela floresce da primavera ao verão, com flores pequenas e de cores que vão do rosa ao vermelho e ao roxo.

A madeira cortada da sua árvore pode ser usada como lenha para uso doméstico e as plantas são utilizadas para formar cercas vivas.

Por ser uma planta bastante rústica, é comum ser usada no paisagismo, assim como em áreas destinadas à recuperação ambiental.

Depois de três anos do plantio, a seriguela dá os seus primeiros frutos.

Como a colheita vai até o final do verão, em fevereiro, ainda temos muito o que aproveitar da fruta.

Já esperado, com seu sabor original, a seriguela é cheia de propriedades nutricionais, com carboidratos, cálcio, fósforo, ferro e vitaminas A,B e C.

A seriguela fruta

A fruta da seriguela tem casca fina, brilhante e pode ser alaranjada ou avermelhada, com a polpa muito aromática, doce e suculenta.

Seriguela é rica em vitaminas e minerais

Ainda não muito comum em Mato Grosso do Sul, onde a consumimos mais in natura, a seriguela pode ser usada no preparo de vinhos e bebidas geladas.

Além de fazer parte da composição de geleias e compotas, assim como para pratos salgados também.

Inclusive, é uma boa pedida para fazer um delicioso sorvete, como os que experimentamos aqui

Por possuir propriedades diurética e energizante, assim como grande quantidade de fibras, uso medicinal da seriguela também é bastante estudado.

Entre os benefícios da seriguela estão:

  • Reduz o inchaço e taxas de colesterol;
  • Ajuda no funcionamento do intestino;
  • Fortalece o sistema imunológico;
  • Melhora a saúde dos ossos;
  • Controla o apetite;
  • Previne a anemia;
  • Colabora no ganho de massa muscular;
  • Fornece energia ao sistema nervoso.

Com a finalidade de hidratar naturalmente o corpo, além de ser acompanhada de um efeito diurético, a seriguela é uma grande aliada para praticantes de atividades físicas.

Bom, os passarinhos adoram as seriguelas maduras, então, se você quiser comer também, colha as suas antes que sejam bicadas.

Conheça mais frutos do cerrado!


APOIE AQUELE MATO

Se quiser continuar acompanhando nosso conteúdo e nos ver florescer, colabore com o nosso trabalho PicPay ou pelo Apoia-se.

Os recursos são usados para a manutenção do blog e para manter o acesso gratuito a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *