Skip to content
1

Guavira, símbolo de Mato Grosso do Sul

Muito abundante e apreciada no Estado, a guavira (Campomonesia adamantium) é símbolo de Mato Grosso do Sul desde 2017 e tem o mês de novembro como destaque. Isso porque é o mês da colheita da guavira. Inclusive, você percebeu que o nome oficial da guavira é adamantium? Pois é, o mesmo metal do qual é feito o esqueleto do personagem quase indestrutível dos quadrinhos, o Wolverine. Bora descobrir por quê!

Para quê serve a guavira?

Para começar, a guavira é a fruta da resistência e, por dividir essa característica com um mutante dos X-Men, ela recebe o nome oficial de adamantium. Este título foi dado porque elas aparecem nos guavirais depois da seca, ou seja, período com pouca água. Assim, ela é uma das poucas frutas a frutificar no período. Porém, a frutificação ocorre de setembro a novembro e, depois de frutificar, a colheita precisa ser rápida. Pois elas amadurecem bem rápido e duram, no máximo, duas semanas. Logo, a gente descobre pra quê serve a guavira. Pois você pode aproveitar a fruta tanto in natura quanto na forma de sucos, geleias, doces e sorvetes, iogurtes. Inclusive, ela tem sido um diferencial em molhos de peixe e molhos agridoces para acompanhar carnes. Da mesma forma, a guavira ainda é matéria-prima para a fabricação de licor e vinho. Sendo até uma planta medicinal, com suas folhas e cascas usadas como ingredientes de chás. Dessa forma, as propriedades nutricionais da guavira ainda vão além. Conforme informações da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TBCA), 100g do fruto produzido em Assis (SP), com maturação variada, contém 8,8 g de carboidrato disponível, 6,3g de fibra alimentar e 70 calorias. Destaca-se ainda pelos minerais, com teor de selênio (120 mcg) e potássio (209 mg). Além de ter ferro, cálcio, fósforo e zinco em sua composição. Mesmo sua casca contém benefícios, podendo ser usada no tratamento de diarreias, cãibras e doenças do sistema urinário. A árvore tem cachos verdes e amarelos e seus arbustos do vegetal variam de 30 centímetros a 2 metros de altura.

Festival da guavira

Com todo esse potencial e procura, a guavira ganhou um festival para chamar de seu. O Festival da Guavira acontece anualmente, em Bonito (MS), e busca resgatar nossa história e cultura. Pois a fruta reproduz parte da nossa identidade. O evento conta com atrações teatrais e musicais, exposições, palestras e, claro, comidas típicas e muitos produtos derivados da fruta. Para finalizar, apesar de a guavira ser símbolo de Mato Grosso do Sul, ela pode ser encontrada em outros lugares. Tais como São Paulo, Minas Gerais e Bahia. Às vezes, ela pode aparecer ainda nos estados da região Sul do Brasil, no Paraguai e na Argentina. Agora comenta aí, você é do time da guavira em tudo também? o/ Conheça ainda outros frutos do cerrado! E a gente se vê! Tchau!

Aquele Mato

Lorem ipsum dolor sit amet consectetur adipisicing elit. Corporis error dignissimos fugiat voluptas, asperiores quibusdam exercitationem id quam reiciendis expedita quidem nemo? Illo quod suscipit est possimus officiis repellendus eum.