Categorias
Mato Grosso do Sul

Orla Morena: área verde e a praia de Campo Grande

A Orla Morena um espaço para diversos usos, não apenas valorizou o bairro e os imóveis ao redor, mas ainda trouxe um incentivo a uma melhor qualidade de vida.

Pra começar, duvido algum Mateiro que não deu aquela volta pela Orla Morena num fim de semana entediado.

Inclusive, as áreas verdes de Campo Grande são um grande motivo de orgulho pra gente, né?!

Claro que são áreas verdes em Campo Grande.

Tais como o Parque das Nações Indígenas e o Belmar Fidalgo.

Porém, uma obra que transformou o bairro Cabreúva e se tornou o coração da região é a Orla Morena.

Inegavelmente, a praia de Campo Grande.

A chegada da Orla Morena

Anteriormente um espaço abandonado, que dava lugar ao vandalismo e à insegurança.

Hoje, a Orla Morena conserva uma das mais queridas áreas de socialização entre os moradores.

Assim, a Orla Morena foi inaugurada em 23 de dezembro de 2010, pelo então prefeito Nelson Trad Filho.

Atualmente, é um espaço para cultura, lazer e atividades físicas, em Campo Grande.

Dessa forma, a Orla Morena divide as pistas da avenida Noroeste, indo da avenida Júlio de Castilhos até a rua Plutão.

Não menos importante, a obra conserva parte da via férrea da época da fundação de Campo Grande.

Assim, nossa Orla é um Parque Linear, com 2,3 quilômetros, conhecido como a “praia de Campo Grande”.

Largo do Mirante – Relógio

Logo, esse título é em razão de tudo que a Orla Morena oferece aos moradores.

Por lá, temos pista de caminhada, patins e bicicleta, pista de skate e academia a céu aberto.

Além de tudo isso, comerciantes também aproveitam o movimento para empreender no local.

Pois a região agora conta com alguns bares e lanchonetes.

Além de ter uma Feira Livre todas as quintas-feiras à noite.

Assim, na feira da região da Orla Morena, é possível provar alguns pratos típicos.

Tais como o sobá, o espetinho com mandioca e os deliciosos pastéis.

Logo, o entretenimento também é um forte chamariz da Orla Morena.

Pois lá acontecem apresentações culturais, shows e diversos tipos de eventos, abrigando a população de diferentes idades e gostos.

Dessa forma, todos esses atrativos fazem do local ponto de encontro de pessoas da região e de bairros distantes também.

Pontos de destaque na Orla

É provável que você não conheça os pontos de destaque da Orla.

Então, bora pra eles.

1. Largo dos Esportes 

O Largo dos Esportes está localizado junto a Escola Estadual Maria Constança de Barros.

Ele foi implantado com desapropriação de duas áreas que originaram o único espaço com possibilidade de abrigar essas atividades.

2. Largo do Mirante

Com certeza, este é o principal atrativo da Orla Morena.

Desse modo, o Largo do Mirante foi equipado com bancos, pérgolas, relógio de sol analemático e tratamento paisagístico.

3. Largo das Árvores

Aqui estão concentradas árvores de grande porte que criam uma confortável área de sombra.

4. Largo da Feira

A princípio, este é um espaço para diversos usos.

Pois o local conta com dimensões, pavimentação, paisagismo e o mobiliário urbano necessário a uma ambientação apropriada para a montagem de eventos e da feira livre que já acontece tradicionalmente.

Inclusive, ali também foi projetado um pequeno teatro de arena.

A fim de preservar o valor histórico e manter viva a memória cultural da ferrovia, foram mantidos quatro segmentos originais dos trilhos, paralelos à ciclovia e à pista de caminhada.

Dessa maneira, se forma o remanso das Estações de Descanso no centro e nas extremidades do parque.

Pra concluir, é bom ver as áreas verdes ocupadas.

Afinal, a Orla Morena não apenas valorizou o bairro e os imóveis ao redor, mas ainda trouxe um incentivo a uma melhor qualidade de vida.

Assim, fica o nosso lembrete de sempre.

Bora manter o local agradável a todos.

Então, você já sabe: recolha o lixo depois de um passeio por lá, né?

Agora, compartilhe esse conteúdo e convide os amigos para um téras na Orla!

Aliás, já conta aí nos comentários se você gosta de passar um tempo lá na Orla.

Logo a gente se vê.

Tchaau!


APOIE AQUELE MATO

Se quiser continuar acompanhando nosso conteúdo e nos ver florescer, colabore com o nosso trabalho PicPay ou pelo Apoia-se.

Os recursos são usados para a manutenção do blog e para manter o acesso gratuito a todos.

Gostou? Compartilhe =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *