Categorias
Destinos Mato Grosso do Sul

Rio Verde de Mato Grosso é destino para ecoturismo

Com tantos sabores, histórias, costumes e, claro, natureza, o encantamento de Rio Verde de Mato Grosso nos deixa fascinados e loucos para dar um mergulho por lá!

Rio Verde de Mato Grosso, em MS, é um excelente destino de ecoturismo.

Por isso, Mateiros, esse é nosso destino hoje!

Primeiro porque o local é uma ótima opção para aproveitar os dias quentes de Mato Grosso do Sul.

Tudo que você precisa de vem em quando é uma cachoeira, né?!

Então bora lá!

Rio Verde de Mato Grosso está a 194 km de Campo Grande.

Está situada a 49 km de Coxim, que é a maior cidade nos arredores.

No início do século 20, a cidade nasceu a partir do garimpo.

Inclusive, essa atividade foi a motivo que atraiu muita gente para a região.

Assim, tornou-se município em 16 de dezembro de 1953.

Logo trocou o ouro pelas atrações turísticas, em dois terços de zona serrana e um terço do baixo Pantanal.

Mirante Rio Verde de Mato Grosso - MS
Por EngmguerraObra do próprio, CC BY-SA 4.0, Hiperligação

O local tem ma das mais relevantes áreas turísticas de Mato Grosso do Sul.

Acima de tudo, você percebe o valor pelos locais naturais, como a Cachoeira das Sete Quedas.

Além de diversos passeios e atrativos turísticos.

Atualmente, Rio Verde de Mato Grosso é ideal para quem busca turismo rural e turismo de aventura.

Pois você pode aproveitar os passeios em ambiente natural.

Tais como trilhas em meio à flora e à fauna, sítio arqueológico, mirantes, rapel e cavalgada.

Além da natureza, a hospitalidade de Rio Verde de Mato Grosso é marcante

Você visita Rio Verde de Mato Grosso e logo é acolhido pelos rio-verdenses.

Pois os moradores locais adoram apresentar os encantos dessa terra repleta de cenários deslumbrantes.

Cenário Rio Verde de Mato Grosso, em Mato Grosso do Sul
By paulisson miura from Cuiabá, Brasil – Na estrada (BR-163, Rio Verde de Mt, MS, Brasil) #OnTheSideOfTheRoad, CC BY 2.0, Link

Além do contato com a natureza, as fazendas oferecem as delícias culinárias da região.

Só pra ilustrar, bolos, queijos e sucos são iguarias cotidianas.

Além de quitutes feitos com ingredientes locais, como os doces caseiros, feitos de frutas da época.

Você quer um exemplo forte da gastronomia regional?

Então, precisa experimentar a Cabeça de Boi Assada.

Tão típica que é apresentada desde cedo às crianças, na escola, para perpetuar a memória da comunidade.

Além disso tudo, o município ainda é considerado um dos maiores polos cerâmicos do Centro-Oeste.

Isso porque conta com, pelo menos, seis fábricas.

Assim, essas fábricas produzem artesanatos.

Objetos de decoração e até pisos e revestimentos cerâmicos também são produzidos.

Um forte item do artesanato local é o crochê de barbante.

A partir dele, tapetes, jogos de banheiros, trilhos de mesas e tantas outras peças são desenvolvidas.

Da mesma forma, a fábrica de chapéus é outro destaque da região.

O empreendimento tem como matéria-prima a palmeira Carandá.

Pois é a única da região brasileira que exporta para outros estados, como Goiás, Minas Gerais e Roraima.

Logo já deu pra perceber!

O local apresenta tantos sabores, histórias, costumes e, claro, natureza,

Assim, o encantamento de Rio Verde de Mato Grosso nos deixa fascinados e loucos para dar um mergulho por lá!

Bora?

Descubra mais sobre os passeios, rede hoteleira e outras informações na Secretaria Municipal de Turismo de Rio Verde, por meio do telefone 67-3292-1837.


APOIE AQUELE MATO

Se quiser continuar acompanhando nosso conteúdo e nos ver florescer, colabore com o nosso trabalho PicPay ou pelo Apoia-se.

Os recursos são usados para a manutenção do blog e para manter o acesso gratuito a todos.

Gostou? Compartilhe =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *