Categorias
Acontecia Sem classificação

Se for pra tombar, tombemos!

Há mais de 90 anos

A nossa feirona mantém viva a cultura e a culinária japonesa em Campão. Fazendo parte do dia a dia familiar, o campo-grandense não vive mais sem os tradicionais sobá, yakisoba e espetinhos com a mandioca amarela da terra.

Tradição

Reconhecendo essa importante tradição, a Feira Central de Campo Grande foi declarada como patrimônio cultural e imaterial da Capital, pela prefeitura. Uhulll temos oficialmente uma referência na identidade cultural do nosso povo, pois o município poderá assegurar a continuidade legitima da Feira Central e desse modo evitar a perda da identidade do espaço. Mais ou menos.

Revitalização

Aparentemente, o local precisa de uma revitalização para não fechar as barracas. Deputados então se reuniram em volta da mesa com café e chipas para verem a viabilidade de um projeto como esse. Mas tornar a feira mais atrativa, melhorar o sistema de exaustão e garantir conforto e bem-estar a visitantes e trabalhadores do local exigem algumas muitas verdinhas.

E a Lei Rouanet está aí pra isso, não é mesmo? Apoiar a iniciativa privada ao setor cultural! Bom, a nós resta esperar esse projeto sair do papel aproveitando todo o sabor e artesanato que a feira nos oferece. Ou você acha que essa tradição deve mesmo morrer?

#TeamSobá

Gostou? Compartilhe =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *