Skip to content

Passando por um período de inverno bastante intenso, os Estados Unidos começam a congelar. Como mecanismo de sobrevivência, jacarés que habitam o parque de Shallotte River Swamp Park, em Ocean Isle Beach, na Carolina do Norte, adotaram uma nova prática para sobreviver no rio congelado.

Com focinhos fora d’água, jacarés tentam sobreviver

Nos meses de frio, os jacarés geralmente ficam dormindo no fundo da água e emergem uma vez ao dia para respirar.

Porém, com a superfície congelada, eles não sobreviveriam sem o ar. Por isso tiveram que se reinventar. A técnica usada pelos jacarés para enfrentarem as baixas temperaturas é conhecida como brumação, que é quando eles diminuem a temperatura corporal e o metabolismo para que possam sobreviver ao frio.

Para isso, os jacarés entraram na água quando ela ainda estava mais quente que o ar, se colocaram em uma posição de forma que o focinho ficasse para fora da água (nada confortável, tadinhos) e só esperaram que ela congelasse ao redor deles.

Quando as temperaturas voltam a subir e o gelo derrete, os animais começam a regular sua temperatura corporal.

George Howard é o gerente do parque na Carolina do Norte e capturou algumas imagens desse evento. Parecem pedras ou folhas na superfície do rio, mas são os focinhos dos bichin!

Aquele Mato

Somos a Lua e o Diogo. Dois sul-mato-grossenses que criaram este espaço pra falar do nosso amor pelo Estado e mergulhar na nossa cultura. Queríamos um lugar não só para os amantes da natureza e das nossas belezas, mas também para quem se interessa pela história e quer ler, pensar e trocar experiências vividas por aqui.

Artigos relacionados

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *

*

Frio extremo provoca comportamento curioso em jacarés

Passando por um período de inverno bastante intenso, os Estados Unidos começam a congelar. Como mecanismo de sobrevivência, jacarés que habitam o parque de Shallotte River Swamp Park, em Ocean Isle Beach, na Carolina do Norte, adotaram uma nova prática para sobreviver no rio congelado.

Com focinhos fora d’água, jacarés tentam sobreviver

Nos meses de frio, os jacarés geralmente ficam dormindo no fundo da água e emergem uma vez ao dia para respirar.

Porém, com a superfície congelada, eles não sobreviveriam sem o ar. Por isso tiveram que se reinventar. A técnica usada pelos jacarés para enfrentarem as baixas temperaturas é conhecida como brumação, que é quando eles diminuem a temperatura corporal e o metabolismo para que possam sobreviver ao frio.

Para isso, os jacarés entraram na água quando ela ainda estava mais quente que o ar, se colocaram em uma posição de forma que o focinho ficasse para fora da água (nada confortável, tadinhos) e só esperaram que ela congelasse ao redor deles.

Quando as temperaturas voltam a subir e o gelo derrete, os animais começam a regular sua temperatura corporal.

George Howard é o gerente do parque na Carolina do Norte e capturou algumas imagens desse evento. Parecem pedras ou folhas na superfície do rio, mas são os focinhos dos bichin!

Aquele Mato

Somos a Lua e o Diogo. Dois sul-mato-grossenses que criaram este espaço pra falar do nosso amor pelo Estado e mergulhar na nossa cultura. Queríamos um lugar não só para os amantes da natureza e das nossas belezas, mas também para quem se interessa pela história e quer ler, pensar e trocar experiências vividas por aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *

*

Artigos relacionados

EXPRESSÕES DO PANTANAL Curiosidades sobre o Pantanal Músicas de MS que não podem faltar no karaokê A maior dolina da América do Sul 10 insetos encontrados na América do sul