Skip to content

Fomos fazer trilha aquática em Nioaque

Sempre que pensamos em fazer trilha vem à mente aquele caminho no meio da natureza para andar ao ar livre, né?

Mas, desta vez, fomos convidados para fazer trilha aquática, lá em Nioaque (MS), e descobrir por que o município é considerado o segundo maior vale dos répteis pré-históricos da América Latina.

Então, bora com a gente nessa aventura.

Trilha em busca das pegadas dos dinossauros

Antes de mais nada, é isso mesmo.

Além da trilha, o passeio oferece a oportunidade única de ver as pegadas dos dinossauros que antigamente habitavam o local.

Mas vamos deixar de enrolação e partir do início.

Quando chegamos, fomos direto ao encontro do pessoal do Nioaque Aventura, que realiza o Passeio Trilha Aquática Pegadas dos Dinossauros e chamou a gente para o passeio que, descobrimos depois, é sensacional.

Logo já estávamos com os equipamentos de segurança, um colete flutuante e um capacete.

Formada uma turma de seis aventureiros, fomos até o rio e recebemos um rápido treinamento antes de sair para a trilha aquática.

Assim que todos estavam prontos, #partiu!

Constantemente, o guia nos orientava enquanto nos contava curiosidades sobre o local e a natureza.

Depois de um tempo flutuando com o caiaque, temos a primeira parada, na confluência do rio Nioaque com o rio Urumbeva.

Além de ser ali, no encontro desses rios que se originou o povoado de Nioaque, o local é muito relevante na história regional e nacional.

Pois foi palco de uma das maiores batalhas da América, a Guerra do Paraguai.

Assim, paramos e podemos conhecer mais sobre o passado, pelas explicações do guia e pela experiência de imaginar toda a história.

Continuando em cima do caiaque, passamos por uma corredeira mais pesada e logo depois vem a recompensa.

Ou seja, parada para tomar banho e curtir a natureza.

Do mesmo modo, seguimos na trilha aquática até a parada mais esperada, quando recebemos mais uma aula de história, agora sobre nossos amigos lagartos.

Enquanto descemos do caiaque, já estamos dentro do sítio arqueológico em que podemos ver as pegadas de dinossauro fossilizadas há mais de 100 milhões de anos.

Então, é preciso cuidado para não danificar nada por ali.

Quem ama natureza e água precisa fazer trilha aquática em Nioaque

Com cerca de 2 horas de passeio, vivemos a emoção de descer corredeiras e a calmaria de observar a natureza ao redor, com animais e minas de água que alimentam o rio Nioaque.

Além de conhecer mais sobre a história desses répteis inacreditáveis que dão as boas-vindas até hoje a quem chega a Nioaque e logo vê seu monumento na entrada da cidade.

Assim, fazer a trilha aquática Pegada dos Dinossauros é uma aventura deliciosa para todas as idades, que não exige grandes habilidades e que todo mundo vai se encantar.

Definitivamente, estamos nos preparando para voltar.

Desta vez, encontramos uma sucuri na beira do rio e uma capivara pronta para saltar.

Já imaginando o que veremos no próximo passeio.

Bora?

Conheça a Trilha Aquática Pegadas dos Dinossauros falando com o pessoal do Nioaque Aventura, pelo Instagram @nioaqueaventura ou pelo telefone  (67) 99220-9851.

A gente se vê nas trilhas!

Aquele Mato

Somos a Lua e o Diogo. Dois sul-mato-grossenses que criaram este espaço pra falar do nosso amor pelo Estado e mergulhar na nossa cultura. Queríamos um lugar não só para os amantes da natureza e das nossas belezas, mas também para quem se interessa pela história e quer ler, pensar e trocar experiências vividas por aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *

*

Gente boa é a capivara A terra do ET BILU O Baratão de Corumbá Peixes do Pantanal Urutau – Mãe-da-lua