Skip to content

5 tipos de pizzas diferentonas em Mato Grosso do Sul

Não é surpresa que, assim como no resto do País, as pizzas conquistaram o coraçãozinho dos sul-mato-grossenses. Ela veio com os imigrantes italianos e se espalhou Brasil afora, com sua receita reformulada pelo “jeitinho brasileiro”.

Assim, ganhou diferentes combinações de recheios, doces e salgados, e uma data para chamar de sua: 10 de julho, Dia Nacional da Pizza.

Pizzarias apostam em novidades para atrair os amantes da massa

Para se destacar no concorrido mercado de pizzarias, é possível encontrar pizza para agradar a todos.

1. Pizza Armênia

Em forma oval, a pizza é a união dos sabores árabes. Assada à lenha, com massa fina e crocante, a pizza leva queijos fabricados no próprio restaurante, pastirma, que é uma carne maturada, e sujuk, tipo de calabresa armênia.

2. Pizza por metro

Também sucesso em terras sul-mato-grossenses, a pizza por metro sai do tradicional formato redondo da massa para um retangular. Assim, em vez de pedir os tamanhos pequeno, médio ou grande, o cliente escolhe por medida a partir de meio metro.

3. Pizza de Cone

Pizza na casquinha ou sorvete de pizza é mais uma versão diferentona da mistura de ingredientes em diferentes tipos de massa, ela é tão democrática que pode ser feita até com massa de pastel.

4. Pizza de Semáforo

Aqui provamos a criatividade do empreendedor campo-grandense, que vende pizzas semiprontas nos semáforos da Capital. A modalidade do negócio aproveita o movimento dos carros e a praticidade para o consumidor.

5. Pizza personalizada

Além do sabor e da qualidade, claro, as pizzarias sul-mato-grossenses também mostram a criatividade, oferecendo receitas próprias e nomes únicos aos seus cardápios, como:
Empinadinha – na Pizzaria Coyote
Poseidon – na Auazóvic Pizza Grega
Você Decide – na Pizzaria +Q Pizza

Lembra de uma pizzaria com sabor ou nome de pizza diferentão? Compartilha com a gente! Afinal, esse será o pedaço mais gostoso do dia.

Aquele Mato

Somos a Lua e o Diogo. Dois sul-mato-grossenses que criaram este espaço pra falar do nosso amor pelo Estado e mergulhar na nossa cultura. Queríamos um lugar não só para os amantes da natureza e das nossas belezas, mas também para quem se interessa pela história e quer ler, pensar e trocar experiências vividas por aqui.

Leave a Reply

Your email address will not be published.Required fields are marked *

*

Gente boa é a capivara A terra do ET BILU O Baratão de Corumbá Peixes do Pantanal Urutau – Mãe-da-lua