Categorias
Animais Silvestres Oriente-se

Como ajudar os animais

Descubra maneiras de como ajudar os animais e não espere outra pessoa fazer, certamente você salvará, pelo menos, uma vida!

Se você é um Mateiro que sempre se pergunta como ajudar os animais no dia a dia, trouxemos algumas ideias para pôr em prática hoje mesmo.

Primeiramente, deixe de lado pensamentos que dizem que não vai conseguir.

Pois, dessa forma, a gente acaba não fazendo nada.

Mas, acredite, juntos somos mais, e você vai ver que atitudes simples já fazem muita diferença.

Maneiras de melhorar a vida e ajudar os animais

Bora conhecer algumas maneiras de ajudar a melhorar a vida dos animais.

Apadrinhe ou seja voluntário em alguma ONG

Pra começar, sempre tem alguma ONG precisando de ajuda.

Você pode ajudar com ração, caminhas, roupinhas, coleiras, brinquedos, remédios, produtos de higiene, carona, levando os pets para passear e até mesmo em dinheiro, apadrinhando a instituição. 

Nesse caso, as suas doações serão revertidas em cuidados com um animalzinho necessitado!

Inclusive, você ainda pode colaborar divulgando ou ajudando na organização de eventos em prol de animais.

Seja um lar provisório

Caso não possa acolher definitivamente um animalzinho de estimação, você pode servir como lar provisório.

Ou seja, abrigá-lo temporariamente até que ele seja adotado. 

A partir daí, você ainda pode usar a internet para procurar interessados em ser pais de pet.

Cobre do poder público 

Cada vez mais a pressão popular faz diferença na sociedade. 

Por isso, assine abaixo-assinado, participe de passeatas e protestos, utilize as redes sociais, compartilhando posts e usando hashtags.

Pois tudo isso faz barulho e chama atenção para a tomada de ação.

Então, informe-se sobre quem são os políticos que podem te ajudar e os que temos de ficar de olho.

Assim, não precisamos ter medo de cobrar e exigir decisões sobre a pauta animal.

Evite atrações turísticas e eventos que exploram animais 

Antes de marcar um rolê ou atrações em cidades que visitar, pesquise para garantir que não está apoiando um evento que explora animais.

Infelizmente, ainda existem muitos zoológicos e atrações que usam animais como entretenimento.

Tais como passeios em elefantes, camelos e cavalos, por exemplo.

Então, melhor deixar de fora do roteiro eventos com animais, assim você não estará contribuindo com a exploração.

Escolha produtos sem crueldade 

Atualmente, a gente não precisa continuar usando cosméticos, roupas, produtos de limpeza e outras coisas de empresas envolvidas em testes com animais. 

Então, sempre que existir a opção sem crueldade, por que não fazer essa escolha, né?

Inclusive, esse item inclui perguntar-se de onde vem a sua comida.

Pois tirar os animais do prato é uma forma instantânea de fazer algo por eles.

Assim, não custa se informar sobre as escolhas dos alimentos que a gente consome.

Não alimente animais silvestres

Dar comida aos bichos que vivem na natureza prejudica a saúde animal. 

Apesar de parecer um gesto generoso, ele é extremamente danoso aos bichinhos e a nós mesmos.

Pois espera-se que as espécies mantenham seu instinto para buscar os alimentos na natureza. 

Porém, ao alimentá-los, eles vão perdendo esse instinto e, se não são atendidos, começam a “invadir” residências.

Inclusive, podendo ser agressivos. 

Pior ainda: os animais silvestres não são vacinados, como a gente.

Portanto, podem ser portadores de viroses letais ao ser humano e vice-versa.

Dica extra para AJUDAR ANIMAIS de rua

Diferentemente dos animais silvestres, pets como cães e gatos podem precisar de ajuda pra se alimentarem no meio urbano.

Por isso, deixe um potinho de água e ração para os animais que vivem na sua região. 

Mais que isso, tenha na bolsa ou mochila um pouquinho de ração pra oferecer a algum animal doméstico abandonado.

Claro que alimentar um animal não vai resolver a vida dele. 

Mas você pode aliviar o sofrimento terrível que é a dor da fome.

Além disso, não custa deixar um potinho com água na rua, para que eles possam se refrescar e matar a sede, né?

Influencie pessoas a ajudar os animais

Agora, se você já entendeu que esses passos são importantes para ajudar os animais, influencie outras pessoas a fazer o mesmo.

Inclusive, dando exemplo.

Que esse post sirva para informar e incentivar o trato com animais. 

Tem mais dicas? Comenta aqui!

Aproveite e compartilhe.

Assim, cada vez mais pessoas vão abrir os olhos sobre como pequenas atitudes podem ajudar os animais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *