Categories
Mato Grosso do Sul

Árvores centenárias de Campo Grande

Objeto de admiração de todos nós, as principais árvores centenárias de Campo Grande são um espetáculo da cidade.

As maiores árvores centenárias de Campo Grande estão localizadas nas avenidas Afonso Pena e Mato Grosso e fazem parte do Patrimônio Cultural da Cidade Morena.

Já falamos aqui sobre a importância da arborização urbana como estratégia para regular a temperatura da cidade, e hoje sabemos que elas são essenciais na identificação de Campo Grande como uma das cidades mais arborizadas do país.

Processo da arborização urbana de Campo Grande

O processo de arborização urbana de Campo Grande começou há tempos, desde o primeiro programa de arborização para as ruas do município, que aconteceu em 1913.

Na época, o intendente dr. Arlindo de Andrade Gomes mandou trazer cerca de mil mudas do Jardim Botânico, no Rio de Janeiro.

Esse trabalho de arborização teve início na rua Dom Aquino, passando pela 14 de Julho, Calógeras, 13 de Maio, Cândido Mariano, Barão do Rio Branco, 15 de Novembro até as avenidas Afonso Pena e Mato Grosso, principais vias de tráfego de Campo Grande e onde permanecem até hoje.

Árvores centenárias - Av. Mato Grosso

No canteiro central da Avenida Afonso Pena hoje estão localizadas 24 exemplares de figueiras (Ficus microcarpa), plantadas na gestão do prefeito Arlindo de Andrade (1921 a 1924).

Elas estão distribuídas no trecho compreendido pela rua José Antônio e avenida Calógeras.

Já as figueiras (Ficus microcarpa) localizadas no canteiro central da Avenida Mato Grosso foram plantadas no fim da década de 1930, na gestão do então prefeito Eduardo Olímpio Machado.


Atualmente, são 9 exemplares, distribuídos no trecho compreendido pela rua Pedro Celestino e avenida Calógeras.

Desde então, a arborização viária em Campo Grande vem acontecendo de forma aleatória, pois tornou-se hábito cultural e ter o verde pela cidade caiu no gosto da população.

Com o plano de realização da Rio-92, em 1992, iniciou-se o processo de criação de espaços verdes, reservas ecológicas e áreas de proteção ambiental.

Chegou também no município a instituição da Agenda 21, programa de ação que colabora para a constituição de um novo cenário de preocupação ambiental.

Sabemos da importância dessa vegetação, porém, é evidente que o tempo na cidade não é fácil, respirando poluição, que deixa todo mundo estressado – até as árvores.

Conforme os dias passam, o sistema de proteção das árvores vai ficando mais fraco, deixando-as expostas ao ataque de fungos e pragas.

Grande parte das árvores centenárias no centro de Campo Grande passaram por tomografias e já foram tratadas com nutrientes necessários.

Desde então, outras medidas de cuidado vêm sendo feitas, para garantir a segurança e respeitar a relevância que estas árvores têm para o município de Campo Grande.

E precisamos ter a consciência de que é trabalho de todos nós.

Árvores centenárias - Campo Grande MS

Pois, além de as árvores ajudarem a absorver poeira, diminuindo a poluição atmosférica, sonora e visual, elas atuam também em um importante papel na arborização urbana que reflete na saúde física e mental dos moradores da região.


Quem ama as árvores e deseja plantar a sua, o Guia de Arborização está disponível no site da prefeitura de Campo Grande.

No guia, é possível encontrar quais são as espécies recomendadas, porte e manutenção de cada uma e demais diretrizes.

Bora incentivar porque quanto mais verde espalhado, melhor <3

|

Mato Grosso do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *